Elaborando Projetos Sociais e Culturais

De segunda a sexta! Sempre um vídeo novo!

Cultura Gera Futuro

884 visualizações

A cultura em qualquer lugar do mundo tem uma importância econômica que no Brasil parece que ainda não foi descoberta.
Fica comigo que hoje o assunto é a diferença e o potencial da cultura brasileira.
As atividades culturais e criativas na Inglaterra tem provocado desenvolvimento que é constatado através de políticas públicas fortes e de uma comunidade cultural atenta. Alguém lembra da abertura das Olimpíadas de Londres? Quantas e quais atividades criativas e culturais foram demonstradas naquela abertura?
No Brasil lembro que a cultura já responde por quase 3% do PIB. Ela gera um milhão de empregos diretos. Duzentas mil empresas e instituições atuam nesse setor gerando mais de dez bilhões de impostos. Essa arrecadação é maior do que a arrecadação da indústria de eletroeletrônicos.
O Brasil tem a sua música reconhecida internacionalmente e já existem espetáculos teatrais brasileiros estreando na Europa antes de estrear por aqui. Toda essa indústria cultural tem um grande potencial de geração de ocupação e renda e inclusão e sem gerar impactos ambientais.
Mas nada disso pode continuar a se expandir sem o apoio do poder público através de políticas públicas para o setor. E também da participação da comunidade cultural nesses processos.
Ainda há um vasto potencial de crescimento. Estudo recente da consultoria Pricewaterhouse Coopers estima em 4,6% ao ano a taxa média de expansão do setor nos próximos cinco anos, isso é acima da previsão para o conjunto da economia.
Políticas públicas para a cultura precisam ser vistas pela sociedade como um todo e fomentada pelo poder público. Ações de desenvolvimento econômico de um setor que ainda não está amplamente mapeado mas que contribui com o país podem e devem ser fomentadas por gestores públicos.
A cultura tem alto poder de gerar renda, emprego, inclusão.
Com base nessas premissas é que o Ministério da Cultura lançou neste ano de 2018 a Campanha Cultura Gera Futuro.
E o meu canal está engajado também por acreditar que temos em mãos uma forma de fazer do Brasil um lugar melhor para se viver.
Todas as ferramentas que temos no momento: Leis de Incentivo, Sistema Nacional de Cultura através dos Conselhos de Cultura espalhados pelo país são fortes o suficiente para fazer a diferença.
Erra quem diz que Incentivar a Cultura renunciando a impostos é tirar do básico que a população precisa.
A cultura faz a diferença no básico. Com ações culturais podemos diminuir a violência, incluir populações, melhorar a saúde de um povo e melhorar sua auto-estima.
Há no Brasil incentivos variados em diversas áreas. É é também importante lembrar que incentivos à cultura (Lei Rouanet, Lei do Audiovisual) somam apenas 0,64% do total dos incentivos que são concedidos em nível federal. Há muito incentivo para a indústria, para o agronegócio e é ainda muito pouco o que temos para a cultura. E esse pouco é fundamental.
O que nos faltam são dados. Precisamos saber onde estamos para desenhar o futuro. E é nessa ação que o Ministério da Cultura está empenhado no momento.

**************************************************
Inscreva-se no canal e receba mais informações para os seus projetos:
▶ Link do Vídeo: https://youtu.be/M86qrsvM_Vw
▶ Canal: http://youtube.com/ElaborandoProjetos
▶ Facebook: http://fb.com/ElaborandoProjetos
▶ Twitter: http://twitter.com/ElabProjetos
▶ Instagram: http://instagram.com/ElaborandoProjetos
**************************************************