Elaborando Projetos Sociais e Culturais

De segunda a sexta! Sempre um vídeo novo!

Justificando o Orçamento de Projetos

704 visualizações

Porque e quando devo justificar a planilha de custos?
Fica comigo

Na verdade você não precisa justificar nada na sua planilha de custos se você está usando valores de mercado ou mesmo custos com base em alguma referência.
Cachês pagos a artistas tem uma média de mercado além de poderem ter como base organizações como a Cooperativa Paulista de Teatro ou mesmo a Ordem dos Músicos. Artistas famosos ou celebridades podem ter valores diferentes dos de mercado e aí nesses casos o currículo do artista pode ser a justificativa do valor a ser pago a ele.
O cachê do Antonio Fagundes pode ser muito diferente do cachê do Rodrigo Santoro que por sua vez é diferente do cachê do professor de artes cênicas.
Lembro que a IN 01/2017 tem valores teto para artistas específicos. Vou deixar o link para esse documento na descrição do vídeo para que você possa saber mais.
A planilha de custos pode e deve ser construída com valores reais.
Caso você precise contratar algum serviço ou comprar algum produto que tenha um valor acima do valor de mercado vai precisar justificar esse item e não a planilha como um todo.
No caso da Lei Rouanet há um campo específico para essas observações no SALICWEB – que é o sistema onde inscrevemos projetos.
Para outras leis caso você sinta necessidade em justificar algum item informe isso no momento da inscrição do seu projeto. Se a lei ou edital tiver um campo específico para isso use o campo. Caso a lei ou o edital não tenha esse campo específico utilize o formulário onde você explica o projeto para justificar o item ou alguma particularidade da sua planilha de custos.
Mas raramente se justifica a planilha de custos. O que você precisa justificar muitas vezes é a forma como você está executando o projeto ou mesmo porque você está contratando serviços ou comprando produtos fora dos valores de mercado. É a forma de execução que muitas vezes altera o valor da sua planilha.
As leis de incentivo pedem que a gente tenha o mínimo de coerência além de manter o custo benefício, a razoabilidade e proporcionalidade nos gastos uma vez que estamos usando verbas públicas para executar o projeto.

IN01/2017
▶ http://bit.ly/2yn0jO8

#elaborandoprojetos #culturagerafuturo #culturaéfermento

**************************************************
Inscreva-se no canal e receba mais informações para os seus projetos:
▶ Link do Vídeo: https://youtu.be/wyH7I6pFjlA
▶ Canal: http://youtube.com/ElaborandoProjetos
▶ Facebook: http://fb.com/ElaborandoProjetos
▶ Twitter: http://twitter.com/ElabProjetos
▶ Instagram: http://instagram.com/ElaborandoProjetos
**************************************************