Elaborando Projetos Sociais e Culturais

De segunda a sexta! Sempre um vídeo novo!

Mentiras da Elaboração de Projetos

1951 visualizações

Deixa eu te contar algumas mentiras? E tentar explicar um pouco sobre elas?
3 mentiras da elaboração de projetos

Mentira 1 - Elaborar um projeto é muito complicado, muito difícil.
O que acontece é que dá trabalho pensar e planejar um projeto. Como a maioria das pessoas quer tudo fácil e rápido costumam espalhar que é difícil.
Planejar requer pensar cada uma das etapas, desenhar e pensar inclusive no que pode dar errado. Colocar tudo no papel. Listar todos os itens importantes para a realização incluindo as pessoas que vão trabalhar no projeto. Preparar uma planilha. E nada disso se faz em dois ou três dias.
Dá trabalho!E você pode não querer ter esse trabalho todo. Mas se não colocar a mão na massa o projeto não acontece!
Então, elaborar um projeto não é difícil, só dá trabalho!

Mentira 2 - Só artistas reconhecidos tem direito à Lei Rouanet.
A cada 10 projetos aprovados para captação de recursos na Lei Rouanet somente dois conseguem ser viabilizados financeiramente. Isso quer dizer que 20% dos projetos aprovados acabam recebendo verba de patrocinadores e acontecendo de verdade. Mas se olharmos os dados, as estatísticas disponíveis vamos ver que a maioria desses projetos não tem um nome de um artista reconhecido. Acontece que quando um artista reconhecido tem um projeto aprovado na Lei Rouanet, muito antes dele conseguir captar recursos, ele cai na mídia. Aí um monte de gente acaba falando - erradamente - que ele já está “gastando" verba pública, que ele não precisa, etc. O que muitas vezes acaba acontecendo é que ele se vê obrigado a arquivar o projeto porque de fato não aparece nenhum patrocinador querendo vincular sua marca a alguém que já ficou marcado de uma forma tão negativa.
Você se junta a quem está com má reputação?
Conheço muitos artistas , instituições e coletivos que viabilizaram suas proposta mesmo não sendo “globais”, estão há anos no mercado fazendo acontecer e com projetos aprovados e viabilizados via leis de incentivo, incluindo a Rouanet! Então, essa é a mentira 2. A Lei Rouanet não é só para artistas reconhecidos. É para quem está fazendo direito e consegue convencer um patrocinador disso.

Mentira 3 - Prestação de contas é um bicho de sete cabeças -
De verdade a prestação de contas é outra coisa que dá trabalho de fazer. Quem aprova e viabiliza um projeto em leis de incentivo precisa ir administrando a verba e fazendo o projeto acontecer juntamente com os pagamentos, contratos, cópias de pagamentos e cheques além, é claro, de todos os relatórios de realização sem esquecer a produção, divulgação, realização do próprio projeto. É muita coisa prá pensar! Mas se você preparou de fato o projeto e planejou tudo, a prestação de contas é só um relatório de tudo o que você pensou antecipadamente e agora com os comprovantes de realização você fecha a prestação de contas de forma rápida e sem problemas.
A prestação de contas começa quando o projeto recebe a primeira verba de algum investidor, patrocinador.
Nesse momento você já tem que “guardar" o comprovante do valor que recebeu e foi depositado na conta específica do projeto.
Não deixe a prestação de contas para o final do projeto, ela dá muito mais trabalho ainda se você deixar para o final!

E assim foram as três maiores mentiras sobre Elaboração de Projetos Sociais ou Culturais.


**************************************************
Inscreva-se no canal e receba mais informações para os seus projetos:
▶ Link do Vídeo: https://youtu.be/BnG3S2gzm8g
▶ Canal: http://youtube.com/ElaborandoProjetos
▶ Facebook: http://fb.com/ElaborandoProjetos
▶ Twitter: http://twitter.com/ElabProjetos
▶ Instagram: http://instagram.com/ElaborandoProjetos
**************************************************