Elaborando Projetos Sociais e Culturais

De segunda a sexta! Sempre um vídeo novo!

Como Ficam os Direitos Autorais nas LIVES

3077 visualizações

Como ficam os direitos autorais nas LIVES?
Vc é músico e já abriu as câmeras em LIVES no seu canal no youtube ou em outras plataformas e não sabe ainda como rolam os direitos autorais.
Vão te cobrar alguma coisa?

Os shows online estão virando rotina.
Celebridades estão abrindo as câmeras em lives patrocinadas.
Nada como ter um patrocinador!
Mas conseguir um patrocínio sempre foi difícil e continua sendo para os pobres mortais.
E quando vc abre uma live é muito comum vc cantar o seu repertório e também a música de outros compositores.
Segundo matéria do portal UOL o ECAD – Escritório Central de Arrecadação e Distribuição e a União Brasileira de Editoras de Música – a UBEM estão buscando uma remuneração de 10% por direitos autorais de músicas tocadas nas lives PATROCINADAS.
Já é reconhecido pelos serviços de streaming a importância dos direitos autorais pela execução de músicas no ambiente digital incluindo aqui as LIVES.
E recentemente – por conta da pandemia – as LIVES patrocinadas por marcas famosas assumiram relevância para artistas. Principalmente os artistas celebridades que se mantinham anteriormente com a venda de shows pelo país agora e agora estão firmando contratos com as plataformas de streaming.
Assim tanto o ECAD quanto a UBEM estão atrás principalmente do pagamentos dos direitos pelos promotores ou responsáveis pela LIVE.
Mas isso pode se aplicar ao pequeno empreendedor musical? É mais difícil que um artista que não tenha um renome consiga um grande patrocinador. Mas se ele conseguir pode e deve prever os pagamentos aos direitos autorais sobre o repertório que ele vai executar no streaming.
O Youtube já tem um acordo com o ECAD para o repasse de direitos autorais, mas artistas, criadores e gravadoras também podem fechar patrocínios diretos com as marcas para serem exibidos dentro da plataforma da mesma forma como acontece nas LIVES.
O que o ECAD e a UBEM cobram não tem relação direta com o YOUTUBE. São pagamentos diferentes. A remuneração feita pelo YouTube não contempla a LIVE patrocinada nos moldes como ela está acontecendo hoje. Portanto é necessário ficar atento a essas regras.
Assim a arrecadação prevista pelo ECAD durante a pandemia e para este ano vai sofrer uma queda de mais de 300 milhões de reais, mas essa queda pode ser amenizada pelo recolhimento referente aos direitos autorais sobre as LIVES patrocinadas.
É isso!

https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2020/07/02/ecad-opina-sobre-taxas-de-direito-autoral-nas-lives-pagamento-essencial.htm

#elaborandoprojetos #culturagerafuturo #culturaéfermento

**************************************************
Inscreva-se no canal e receba mais informações para os seus projetos:
▶ Link do Vídeo: https://youtu.be/UMheIHqgrPo
▶ Canal: http://youtube.com/ElaborandoProjetos
▶ Facebook: http://fb.com/ElaborandoProjetos
▶ Twitter: http://twitter.com/ElabProjetos
▶ Instagram: http://instagram.com/ElaborandoProjetos
**************************************************