Elaborando Projetos Sociais e Culturais

De segunda a sexta! Sempre um vídeo novo!

Cinema em Perigo

321 visualizações

O cinema brasileiro em perigo
Fica comigo que vamos falar do que está acontecendo com o cinema brasileiro.

Segundo publicação do O globo.com e estimativas do setor do audiovisual, existem mais de 400 projetos de filmes e séries parados em todo o país.
São projetos já aprovados e que aguardam a liberação de recursos que vêm de diversos mecanismos de fomento.
O Fundo do Audiovisual alimenta a atividade com quase 750 milhões de reais por ano.
Lembrando que cada real investido em cultura retorna pelo menos cinco vezes mais de impostos, postos de trabalho e desenvolvimento econômico para o país. A ANCINE está calada não tem se manifestado sobre o assunto.
Na atual gestão duvido que ela volte a ter a relevância que teve nas últimas décadas.
Recentemente tem sido atacada e por ela passaram só no último ano pelo menos três profissionais diferentes e neste momento ela está sem ninguém ocupando a cadeira.
Não há na atual gestão nem gente competente e tão pouco interesse em que a ANCINE possa voltar a funcionar.
O cinema brasileira ainda tem um Conselho Superior do Cinema e o Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual que também demoraram muito a ter suas composições definidas pelo governo. Isso impacta diretamente em toda a logística de funcionamento da Agência e do segmento.
Durante o ano passado a ANCINE teve divergências com o Tribunal de Contas da União quando o seu diretor Christian de Castro foi afastado por ordem da Justiça.
Ao menos a diretoria colegiada da Agência foi recomposta – interinamente é claro – e após meses com cadeiras vagas.
Existe verba para esses projetos, mas a quantidade de profissionais hoje na ANCINE não dá conta de tanto trabalho.
Está difícil orientar produtoras a dar sequência a inscrição de seus projetos.
E prá ajudar o CINEARTE – um dos cinemas mais tradicionais da cidade de São Paulo, localizado no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, fechou as portas no último dia 19 de fevereiro devido a falta de patrocínio com a exibição de Parasita. As duas salas de cinema completariam 57 anos de existência em 2020 e a última empresa patrocinadora não renovou o contrato.
Do jeito que a coisa está é possível que num curto espaço de tempo tudo simplesmente suma uma vez que para os gestores que estão hoje na administração do país cultura e educação não são pontos importantes que mereçam a atenção deles.
É isso!

#elaborandoprojetos #culturagerafuturo #culturaéfermento

**************************************************
Inscreva-se no canal e receba mais informações para os seus projetos:
▶ Link do Vídeo: https://youtu.be/YZnMWAb_l60
▶ Canal: http://youtube.com/ElaborandoProjetos
▶ Facebook: http://fb.com/ElaborandoProjetos
▶ Twitter: http://twitter.com/ElabProjetos
▶ Instagram: http://instagram.com/ElaborandoProjetos
**************************************************