Elaborando Projetos Sociais e Culturais

De segunda a sexta! Sempre um vídeo novo!

O Que é Isso? Economia Criativa

568 visualizações

Economia Criativa? O que é isso?

Economia Criativa é quase que uma novidade!
Principalmente porque é coisa do fim do século passado.
Vamos a um pouco de história!
A humanidade passou por várias revoluções econômicas, sociais e culturais ao longo de sua evolução.
A Revolução Agrícola nos primórdios fez do homem nômade um homem que se fixa nos territórios e passou a “criar raízes”.
A humanidade nunca pára seu desenvolvimento. E das mais recentes revoluções podemos citar a Revolução Industrial que começou no século dezoito e seguiu até o século vinte.
Graças a ela temos um desenvolvimento econômico onde o Progresso acontecia a qualquer custo. E a degradação ambiental aconteceu como consequencia disso.
Em seguida o mundo desperta para as questões do meio ambiente e a revolução industrial a qualquer custo passa a ser hostilizada.
A revolução tecnológica que não é de todo nova nos coloca em meio a uma revolução da comunicação. A internet antes uma ferramenta militar e universitária passa a ser a mais nova forma de relacionamento entre as pessoas e comunidades.
A tecnologia nos coloca em rede e faz com que o desenvolvimento não precise necessariamente de grandes fábricas para fazer o mundo andar e gerar qualidade de vida para a humanidade.
É a tecnologia que melhora inclusive a produção agrícola e coloca em cada residência equipamentos e aplicativos inovando a forma de viver.
Mas o que tudo isso tem a ver com a tal Economia Criativa?
Alguns países - que passaram por momento difíceis em sua economia - eles descobriram que tinham um capital importante e capaz de fazer a diferença!
Esse capital - a TAL CRIATIVIDADE - alinhada à inovação é capaz de fazer a diferença e alavancar a economia.
Foi assim na Austrália, em seguida na Inglaterra e de lá para o mundo.
Depois da Revolução da Comunicação estamos no meio da Revolução pela ou com a Criatividade.
E praticamente não há segmento onde a criatividade não possa fazer a diferença.
Mas a UNESCO acabou definindo que os segmentos da economia criativa são prioritariamente 13.
Entre esses segmentos estão TODOS os ligados direta ou indiretamente à cultura - as artes como um todo (dança, música, teatro, artes plásticas, etc).
Temos aí também todos os segmentos tecnológicos - tecnologia da informação, cinema, desenvolvimento e comercialização de games.
E eu diria que tudo isso junto ao turismo pode atrair investimentos, provocar ocupação e renda para as comunidades.
Infelizmente poucos gestores públicos entenderam isso.
Temos um grande potencial no Brasil para poder fazer diferente em pequenos municípios que não é utilizado.
Afora isso, já temos políticas públicas que precisam ser implementadas.
Os Sistemas Nacional de Turismo, Educação, Cultura, Saúde, Criança e Adolescente se convergem.
Se você é gestor público ou tem contato com o prefeito ou mesmo os secretários em seu município, conte a eles o que essa tal Economia Criativa poderia fazer para melhorar a condição de vida por aí.


**************************************************
Inscreva-se no canal e receba mais informações para os seus projetos:
▶ Link do Vídeo: https://youtu.be/-AUtcUXtHaQ
▶ Canal: http://youtube.com/ElaborandoProjetos
▶ Facebook: http://fb.com/ElaborandoProjetos
▶ Twitter: http://twitter.com/ElabProjetos
▶ Instagram: http://instagram.com/ElaborandoProjetos
**************************************************