Elaborando Projetos Sociais e Culturais

De segunda a sexta! Sempre um vídeo novo!

Macrotendências Mundiais – Cultura e Entretenimento

552 visualizações

Macrotendências mundiais e a cultura e entretenimento
Porque você tem que entender o que está acontecendo no mundo para poder fazer de alguma forma diferente o que vc já está fazendo ou até criar o seu empreendimento?
Fica comigo – Hoje vamos falar do que vai rolar no mundo até 2030.
Segundo estudo apresentado por José Ricardo Roriz Coelho em setembro de 2018 na FIESP-CIESP o mundo está em transformação. Mas isso não é novidade nenhuma. Estamos em transformação desde que o homem descobriu o fogo. Mas segundo a apresentação as transformações porque estamos passando pode atingir cada um de nós e precisamos entender isso.
Há um crescimento da renda e das populações. Não paramos de nos procriar. E isso impacta diretamente o modo de produzir, consumir, se locomover e de se relacionar.
SE há um crescimento da população no mundo haverá consequentemente uma demanda maior de produtos básicos – os para a sobrevivência mesmo – principalmente nos países menos desenvolvidos. Enquanto o Leste Asiático e Pacífico tem um aumento de renda e isso faz com que a procura por produtos prontos/manufaturados seja impulsionada.
Então quais são as oportunidades para a indústria e a sociedade brasileira crescerem?
As macrotendências mundiais são – Intensificação de demanda por alimentos – Aumento da demanda por energia – Expansão do entretenimento e turismo – Novas tecnologias – Mudança no padrão de produção – Urbanização e emergência de megacidades – Infraestrutura moderna e competitiva – Envelhecimento da população e Aumento das tensões geopolíticas.
Neste contexto todos os criativos podem de alguma forma se incluir em pelo menos duas das mega tendências. Na Expansão do entretenimento e turismo e no Envelhecimento da População com atividades, propostas, projetos, ações que impactem diretamente essas tendências de forma positiva.
Com o crescimento da renda e novas tecnologias poupadoras de trabalho teremos mais tempo de lazer. Isso Domenico Demasi – sociólogo italiano que criou o termo Ócio Criativo – já falava há décadas atrás e cada vez mais vemos isso como realidade. Assim investir em acomodação e alojamento, museus e galerias, ecologia e aventura pode ser um bom negócio. A economia criativa está aí e tudo o que envolve cultura, audiovisual e mídia editorial, software e games, design, arquitetura e publicidade podem ser negócios interessantes para os próximos anos.
Por outro lado a população está envelhecendo com qualidade de vida. Graças à toda biomedicina, remédios, soluções tecnológicas e vacinas estamos vivendo mais. A reforma da previdência é a constatação disso. Investir em atividades, programas, projetos que beneficiem e ocupem os 50 ou 60+ é importante e pode gerar bons lucros. Hoje essa população atinge 608 milhões e em 2030 seremos 836 milhões de pessoas no planetinha. Que tal pensar em negócios para esse público?
Vou deixar o link para o relatório e a apresentação na descrição do vídeo. Leia o material e pense qual o empreendimento que vc vai desenvolver ou incrementar para estar bem em 2030.
Sucesso e a gente se vê!

▶ https://61d.com.br/wp-content/uploads/2018/09/MACROTENDE%CC%82NCIAS-MUNDIAIS-FIESP-CIESP.pdf

#elaborandoprojetos #culturagerafuturo #culturaéfermento

**************************************************
Inscreva-se no canal e receba mais informações para os seus projetos:
▶ Link do Vídeo: https://youtu.be/pMpguLwUal0
▶ Canal: http://youtube.com/ElaborandoProjetos
▶ Facebook: http://fb.com/ElaborandoProjetos
▶ Twitter: http://twitter.com/ElabProjetos
▶ Instagram: http://instagram.com/ElaborandoProjetos
**************************************************